6 coisas que você pode ensinar aos seus filhos sobre segurança na internet

6 coisas que você pode ensinar aos seus filhos sobre segurança na internet

Crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos: todos estão na internet. Basta uma busca rápida em alguma rede social, por exemplo, para encontrar diferentes gerações conectadas.

Se por um lado, as barreiras foram ultrapassadas, por outro, os perigos da grande rede continuam lá, principalmente para os dois primeiros públicos listados aqui: crianças e adolescentes.

A internet pode ser um canal incrível para que eles aprendam, interajam com amigos e façam novas descobertas, mas é preciso ficar atento, já que ela também pode representar perigo. Afinal, usuários maliciosos, esperando para agir, não faltam no mundo virtual,.

Por isso, antes de permitir que seu filho saia criando contas em plataformas, estabeleça um conjunto de regras a serem seguidas, a fim de garantir a segurança e o benefício de todos.

Não sabe o que fazer, nem por onde começar? Então, confira as dicas que selecionamos para você!

1. Conversa

Para evitar que seu filho caia em armadilhas da grande rede, ele precisa, primeiramente, conhecer bem o ambiente em que está navegando, e cabe a você apresentá-lo. Além disso, oriente-o a compartilhar todas as experiências do mundo virtual com você, tornando o uso da internet uma experiência compartilhada entre vocês e não uma conexão isolada.

2. Login e senhas

Se seus filhos utilizam programas de mensagem instantânea como o Facebook, jogos online ou outros acessos que necessitam login e senha para identificação na internet, ajude-os a escolher essas informações, certificando-se de que eles não revelem os dados a ninguém.

Veja também: 5 dicas práticas para você criar senhas seguras

3. Informações pessoais

É importante lembrá-los também de que informações como endereço da residência ou do seu trabalho, número de telefone, nome escola onde estudam ou qualquer outro dado pessoal não sejam divulgado sem a sua permissão.

4. Encontros

Não é difícil encontrar casos de encontros marcados pela internet que não terminaram bem, por isso, lembre aos seus filhos que eles nunca devem marcar um encontro pessoal com amigos virtuais. Explique que os amigos online podem não ser quem dizem que são.

5. Veracidade

Ensine a seus filhos ainda que nem tudo o que eles leem e veem na internet é verdade. Muita informação falsa circula pela grande, por isso, sempre que estiverem com alguma dúvida, devem recorrer a você antes de qualquer ação.

6. Proteção

Por fim, dependendo da idade de seus filhos, você pode controlar as atividades online deles com um software de internet avançado. Essa proteção filtra conteúdos prejudiciais, supervisiona os sites que seu filho visita e averigua o que faz neles.

Gostou desse post? Então, confira também: 4 navegadores para você utilizar a internet com mais segurança.

6 coisas que você pode ensinar aos seus filhos sobre segurança na internet

P4 Telecom

Post feito com por P4 Telecom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *