Smartphone falsificado: aprenda a fugir deste problema!

Smartphone falsificado: aprenda a fugir deste problema!

Encontrou alguma promoção muito boa, porém duvidosa, com preço muito abaixo do normal na área dos smartphones? Fique atento, pode ser uma furada!

Devido à popularidade e ao preço elevado desses aparelhos móveis, muitos espertinhos tentam passar para trás os desavisados vendendo réplicas ou peças falsificadas, que são maquiadas para serem parecidas com as originais, porém, são completamente problemáticos e defeituosos.

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) não indica a compra deste tipo de aparelho e, como órgão regulador – na maioria das vezes – não os reconhece. Entretanto, não há problema em usá-los, desde que você saiba o que está comprando e não seja enganado por um trapaceiro. Neste post tratamos dos enganadores, por isso, preparamos algumas dicas para lhe ajudar a identificar quando um smartphone é falsificado.

Para não passar sufoco depois de comprar gato por lebre, continue a leitura!

Preços muito menores que a média de varejo

O primeiro fator de atenção é o preço! Promoções acontecem frequentemente em lojas conhecidas, porém, nada é muito anormal e imperdível. Os valores podem variar durante o tempo de comercialização de um smartphone, mas nunca haverá uma disparidade grande em relação ao que grandes players de mercado praticam. Se um aparelho novo que custa R$ 2.000,00 aparecer por “apenas” R$ 300,00, cuidado! Algo estranho está acontecendo. Fique com um pé atrás e siga as próximas dicas para confirmar do que se trata.

O visual nunca é igual

Sim, réplicas são quase perfeitas. Quase! O foco dessas falsificações é o baixo custo de produção, portanto, não se dá tanta atenção a detalhes de acabamento quanto nos originais, onde o foco é a qualidade.

Quando entrar em contato com algum destes aparelhos, verifique as bordas, os encaixes, as cores e os logotipos aplicados na carcaça. Se acaso algo estiver diferente do padrão que você já viu em aparelhos de lojas oficiais, com certeza é furada!

O software

Se ainda está em dúvida sobre a veracidade do produto, teste o seu sistema por alguns instantes!

Produtos falsificados possuem softwares bem diferentes dos originais, apesar de alguns ícones serem parecidos, as fontes não são as mesmas, a fluidez do sistema é diferente e muitos destes aplicativos que são inseridos apenas para “maquiar” não funcionam. Com um breve tempo de teste tudo ficará mais claro.

Por fim, a garantia final é o selo da Anatel. Se não encontrar em nenhum lugar o clássico selinho que dá o respaldo da Anatel: pode crer que é problema!

Smartphone falsificado: aprenda a fugir deste problema!
Tags:                            

P4 Telecom

Post feito com por P4 Telecom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *